Formulário de Busca
FG

Acusado de homicídio em Malhada é absolvido pelo Júri a pedido de MP e defesa

O promotor Ariomar José Figueiredo da Silva pediu a absolvição com base na insuficiência de provas da autoria delitiva.

Publicado em 13/março/2019 - 15:00

Em julgamento realizado nesta quarta-feira (13), o Tribunal do Júri de Carinhanha, absolveu o réu José Ricardo Viturino dos Santos, de 48 anos, a pedido do Ministério Público e da defesa, acusado de assassinar a tiros Agenaldo Moreira dos Santos, de 20 anos, no dia 27 de outubro de 1999,na comunidade de Pau D’arco, zona rural de Malhada.

 Consta na denúncia que Agenaldo foi morto quando retornava para sua casa na carreta de um trator, no distrito de Parateca. José teria subido na carreta do trator, mas por motivo desconhecido teria retirado o revólver da cintura, o qual disparou acidentalmente e acertou Agenaldo.

De acordo o inquérito os dois homens haviam discutido antes, porém, testemunhas ouvidas pelo Ministério Público (MP) confirmaram que não houve discussão naquele dia.

O promotor Ariomar José Figueiredo da Silva pediu a absolvição com base na insuficiência de provas da autoria delitiva. Os advogados Aleksander Rousseau Antônio Fernandes e Gabriel Fernandes, também pediram que o réu fosse absorvido.

A sessão foi presidida pelo magistrado Eldsamir da Silva Mascarenhas.

Redação www folhadovale.net

Edição:

Comentários

Fretamento

Eventos

Prefeitura de Malhada confirma Edimilson Batista na Festa do Divino de Parateca

Os festejos serão realizados nos dias 7,8 e 9 de junho.

Enquete

CBR
© 2010-2018 Folha do Vale - Todos os direitos reservados