Formulário de Busca
FG

Caso Iara da Paixão completa um ano sem solução

Procurado pelo portal Folha do Vale, o representante do MP não quis comentar o caso. A delegada Virgínia também não comenta o caso.

Publicado em 23/março/2019 - 09:36

O assassinato da estudante do ensino fundamental Iara da Paixão Souza, de 11 anos, completa um ano neste sábado (23), mas a pergunta que ainda não foi respondida é “quem matou Iara?”.

Conforme informação apurada pelo portal Folha do Vale, os trabalhos de investigação foram concluídos e encaminhados ao Ministério Público (MP), más por motivos desconhecidos não foi denunciado à justiça ainda.

Em novembro de 2018, a delegada responsável pela investigação Virgínia Aranha, disse à reportagem que várias testemunhas foram ouvidas e agora depende do MP. “Nosso trabalho foi feito, eu particularmente não tenho dúvida da autoria do crime”, disse Virgínia.

Crime

A menor foi encontrada desacordada no dia 23 de março de 2018, dentro de um buraco localizado às margens de um córrego no distrito de Canabrava, zona rural de Malhada, Sudoeste da Bahia. A vítima morreu quatro dias depois, vítima de parada cardíaca no Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI), no Hospital Regional de Guanambi (HRG).

Procurado pelo portal Folha do Vale, o representante do MP não quis comentar o caso. A delegada Virgínia não foi localizada.

O crime teve muita repercussão e mobilizou o governador Rui Costa (PT), o qual pediu para o secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, coordenar os trabalhos de investigações.

Relembre o caso:

Redação www folhadovele.net

Edição:

Comentários

Fretamento

Eventos

Cartaz dos Festejos de Santa Cruz em Malhada

Cartaz dos Festejos de Santa Cruz em Malhada

Enquete

CBR
© 2010-2018 Folha do Vale - Todos os direitos reservados