Formulário de Busca

Família de homem morto por guarda em Carinhanha pede justiça

A vítima foi baleada na cabeça pelo guarda Luciano Vargas Alckmin, de 41 anos, no dia 23 de dezembro, na Rua da Pista, no bairro São Francisco

Publicado em 09/janeiro/2018 - 19:09
Imagem

Imagem

Família e amigos cobram justiça na tarde desta terça-feira (9), em Carinhanha, no Oeste da Bahia, pela morte de Gilmar Silva, de 31 anos. A vítima foi baleada na cabeça pelo guarda Luciano Vargas Alckmin, de 41 anos, no dia 23 de dezembro, na Rua da Pista, no bairro São Francisco.

Gilmar foi socorrido e encaminhado ao Centro de Terapia Intensiva, no Hospital Regional, Guanambi, mas morreu no dia 3 de janeiro, após sofrer uma parada cardíaca.

O delegado Romilson Dourado, responsável pelo caso deve concluir o inquérito nos próximos dias.

redação www folhadovale.net

Edição:

Comentários

INFOTEC Informática

Eventos

Fretamentos de UTI Aérea

Fretamentos de UTI Aérea

Fretamentos de UTI Aérea

Enquete

Enquete: como você avalia a gestão do Prefeito Rômulo (PT) em Juvenília?






Resultado parcial

© 2010-2018 Folha do Vale - Todos os direitos reservados