Formulário de Busca
FG

Nota da Bahia Mineração

A BAMIN reforça também que segue atenta e investe constantemente em tecnologia e em estudos rigorosos para aprimorar os processos de beneficiamento, aproveitamento de recursos e gestão.

Publicado em 04/julho/2019 - 20:29

Após o portal Folha do vale publicar uma entrevista com o geólogo e empresário João Carlos de Castro Cavalcanti, de 70 anos, na última quarta-feira (03), os representantes da empresa Bahia Mineração encaminharam uma nota.

RESPOSTA DA BAMIN

Em atenção à reportagem publicada no dia 03 de julho, sobre o projeto Pedra de Ferro, a BAMIN esclarece que em sua planta da Mina Pedra de Ferro, existem dois tipos de minérios: a Hematita, que corresponde a 1/3 da jazida,  e o Itabirito que está presente em 2/3. O minério de ferro encontrado na Hematita tem alto teor de pureza (cerca de 65%) e não precisa de água para o beneficiamento, por isso, 1/3 de toda produção será a seco. Para o beneficiamento do Itabirito é necessário o uso de água, já que  atualmente não existe tecnologia testada para o beneficiamento a seco de grandes volumes, como é o caso da Mina Pedra de Ferro.

A Mina tem produção prevista de até 20 milhões de toneladas de ferro ao ano e transformará a Bahia no 3º maior produtor de minério de ferro do país. Ao todo, as atividades que envolvem a produção e escoamento irão gerar cerca de 30 mil empregos diretos e indiretos durante a sua implantação e cerca de 10 mil empregos diretos e indiretos durante sua operação.

A BAMIN reforça também que segue atenta e investe constantemente em tecnologia e em estudos rigorosos para aprimorar os processos de beneficiamento, aproveitamento de recursos e gestão.

Assessoria de Imprensa BAMIN

Edição:

Comentários

Fretamento

Eventos

Vem aí o 15º Bode Cozido

O evento vai acontecer dia 4 de agosto, no bairro Vomitamel,em Guanambi.

Enquete

Você votaria hoje em quem para prefeito de Candiba?

Nenhuma opção? - 25 Votos


Jarbas ? - 15 Votos


Reginaldo? - 8 Votos


Fábio? - 5 Votos


José Francisco? - 2 Votos


CBR
© 2010-2018 Folha do Vale - Todos os direitos reservados