Formulário de Busca

Prefeitura de Caetité não paga funcionários há dois meses

“Estamos sem receber os meses de agosto e setembro, não sabemos o que aconteceu. Tivemos que parar o transporte escolar. Além dos motoristas, garis e merendeiras também reclamam dos proventos atrasados”, disse ele

Publicado em 11/outubro/2018 - 11:49
Ilustrativa

Ilustrativa

Funcionários contratados da Prefeitura de Caetité, no Sudoeste da Bahia, entraram em contato com o portal Folha do Vale, na manhã desta quinta-feira (11), para denunciar que eles estão sem receber salários há mais 60 dias.

Conforme informação de um motorista, o município vem tratado os funcionários com descaso. “Estamos sem receber os meses de agosto e setembro, não sabemos o que aconteceu. Tivemos que parar o transporte escolar. Além dos motoristas, garis e merendeiras também reclamam dos proventos atrasados”, disse ele.

Para os funcionários da Prefeitura, o mais grave é que o gestor Aldo Ricardo Cardoso Gondim (PSB), não esclarece os fatos. “Somos pais de família, tem comércio que não vende mais. O pessoal não acredita que estamos sem receber há mais de 60 dias”, disse.

Os motoristas ainda afirmaram ao portal, que os proventos dos garis e das merendeiras também não foram pagos. “Quem trabalha quer receber, estamos passando fome. Vamos recorrer a quem?”, finalizou.

Pais

Os pais dos alunos afirmaram a reportagem do portal Folha do Vale, que seus filhos estão perdendo aula. “Ninguém culpa os motoristas, pelo contrário somos solidários. Nossos filhos estão levando falta, quem vai resolver esse problema?”, disse uma mãe.

De acordo apurou o portal Folha do Vale, além dos funcionários contratados, o município tem enfrentado dificuldade para honrar compromisso com fornecedores.

Nota da Prefeitura de Caetité

A  Prefeitura Municipal de Caetité emitiu a seguinte nota: vem a público informar e prestar esclarecimentos acerca das informações veiculadas acima.

Entendendo a importância da transparência, e em respeito ao acesso de todo cidadão às informações públicas, sentimo-nos no dever de apresentar os fatos reais. Vejamos:

1 – Em relação ao pagamento dos motoristas escolares: o pagamento referente ao mês de julho já foi repassado à empresa detentora da licitação de Transporte Escolar. Os meses seguintes já estão sendo regularizados. O último pagamento, inclusive, foi feito a última terça-feira (09/10);

2 – Merendeiras e Garis não estão em atraso. O pagamento do mês de setembro, que é feito em outubro, já está sendo processado.

3 – Em relação às Monitoras, já houve uma conversa entre elas e o secretário de Finanças, e ficou acertado que o pagamento será realizado já na próxima semana.

O índice de desaprovação do prefeito Aldo Gondim na cidade é muito grande, conforme os internautas. Para alguns internautas, caso Aldo tente uma reeleição em 2020, terá dificuldade.

Redação www folhadovale.net

Edição:

Comentários

Fretamento

Eventos

“Natal Solidário” é realizado com sucesso em Malhada

“Estaremos entregando os brinquedos no dia 25 de dezembro, vamos alegrar aquelas crianças”, finalizou.

Enquete

Enquete: como você avalia a gestão do Prefeito Rômulo (PT) em Juvenília?






Resultado parcial

© 2010-2018 Folha do Vale - Todos os direitos reservados