Formulário de Busca

Produtos furtados na Real Móveis em Palmas de Monte Alto são recuperados pela Polícia Militar

Os produtos foram encontrados dentro de uma mochila escondidos em uma construção nos fundos da Igreja Católica, na Praça Wilson Lins, pelo sargento Diogo Éder e Soldado Wendell Carlos, lotados no 1º Pelotão

Publicado em 22/abril/2018 - 10:33
Foto para divulgação

Foto para divulgação

Homens da 4ª Companhia Independente da Polícia Militar de Palmas de Monte Alto, no Sudoeste da Bahia, recuperaram no início da tarde do último sábado 21 de abril, por volta das 13h30. Os produtos foram furtados na loja Real Móveis, localizada na Praça do Mercado, no centro da cidade na madrugada de quinta-feira (20).

Segundo apurou o portal Folha do Vale, os produtos  foram encontrados dentro de uma mochila escondidos em uma construção nos fundos da Igreja Católica, na Praça Wilson Lins, pelo sargento Diogo Éder e Soldado Wendell Carlos, lotados no 1º Pelotão.

De acordo com os policiais, foram encontrados: 5 (cinco) aparelhos celulares (um Samsung J2 Prime, um LG K8, um LG K10, um Samsung J7 Neo, um Motorola Moto G), 3 (três) carregadores de celular das marcas LG e Samsung, 5 (cinco) fones de ouvido das marcas LG, Samsung e Motorola.

Foram detidos dois menores e apresentados na Delegacia Territorial de Palmas de Monte Alto, onde serão adotadas as medidas cabíveis. Os policiais continuam em diligências visando recuperar os outros aparelhos e objetos, prender os demais envolvidos que já foram identificados.

A Polícia Militar pede a colaboração da população, caso tome conhecimento da comercialização dos aparelhos furtados, denuncie pelo telefone/WhatsApp (77) 99907-3668 (sigilo absoluto) e adverte que quem compra, vende, guarda, transporta, oculta, recebe objetos de procedência duvidosa comete crime de receptação conforme o artigo 180 do Código Penal Brasileiro.

Redação www folhadovale.net

Edição:

Comentários

Fretamento

Eventos

Festejos de Santa Cruz em Malhada

Festejos de Santa Cruz em Malhada.

Enquete

CBR
© 2010-2018 Folha do Vale - Todos os direitos reservados